Apartamentos pequenos: soluções para compensar falta de espaço

Personal accounting

Com o decorrer dos anos, tem sido cada vez mais frequente encontrarmos ambientes integrados. O estilo de vida agitado e o pouco tempo em casa são alguns aspectos que têm levado as pessoas a apostarem em cômodos mais práticos, principalmente em apartamentos pequenos, cujos tamanhos não ultrapassam os 60 metros quadrados. Essa técnica de expandir os limites dos ambientes ajuda a diminuir a sensação de pouco espaço da moradia.

Cozinha integrada com a sala de estar e de jantar, por exemplo, é unanimidade no mercado, mas é possível também criar outros ambientes completamente integrados. Essa técnica tem muitos pontos positivos, como dar amplitude e fluidez aos espaços pequenos, melhor aproveitamento das áreas, maior luminosidade no apartamento (sem barreiras físicas, a luz natural consegue clarear maior área) e melhor circulação de ar (ventilação cruzada entre janelas de paredes opostas). Porém, na hora de eliminar paredes e “juntar” cômodos, é preciso ficar atento para não cometer erros.

O morador deve estar preparado para compartilhar ainda mais as atividades do dia-a-dia em casa com outros moradores, se houver. Além disso, alguns cuidados são necessários ao se projetar ambientes integrados, como posicionamento adequado dos pontos de energia elétrica e hidráulica, uma vez que haverá poucas paredes para embuti-los, além de previsão do sistema de exaustão no caso das cozinhas abertas, materiais a serem utilizados, entre outros detalhes.

Apês pequenos podem ser muito aconchegantes se você conseguir perfeita harmonização entre os cômodos. Eles precisam “conversar” entre si para que não aconteça uma quebra nos ambientes. O segredo é, além da derrubada de paredes, ousar e tirar proveito de móveis sob medida com diversos usos e portas especiais, apostar em paginação interessante para o piso, combinação criativa para os tecidos e, claro, exagerar nas doses de conforto e prazer. Vale seguir algumas dicas para planejar seu imóvel e inspire-se com estas e outras ideias.

Sala e Cozinha: A mais famosa combinação entre cômodos integrados, sala e cozinha é ideal para almoço e jantar. Se for bem realizado, o projeto garante mais espaço e ainda permite o contato entre as pessoas nas diferentes áreas. Quem está cozinhando, por exemplo, pode conversar com alguém que está na sala.

Para o dia a dia, mesa pequena ou bancada podem funcionar melhor para que você faça refeições rápidas. As opções mais usadas são demarcar os ambientes por balcão ou por ilha com cooktop (modelo de fogão sem forno, que pode ser instalado em qualquer superfície).

Sala e Quarto: Solteiros ou casados, que em ambos os casos ainda não possuem filhos, têm optado cada vez mais por transformar pequenos apartamentos em charmosos e práticos estúdios. O espaço integrado fica mais amplo e dinâmico, e você pode optar por móvel multiuso que funcione como “limite” entre os cômodos e que sirva a ambos. Estante vazada com TV giratória, por exemplo, é uma dica interessante.

Sala e Varanda: Além da cozinha e sala conjugadas, você também pode agregar a varanda para aumentar ainda mais o espaço. A ideia fica mais atrativa se seu apartamento contar com a famosa varanda gourmet. Tal espaço é perfeito para quem gosta de assar uma carninha na churrasqueira e receber os amigos ou passar bons momentos com a família. O espaço pode ser total ou parcialmente fechado, dependendo da ocasião.

Sala e Escritório: A união entre esses cômodos requer certos cuidados para que a rotina do apartamento não interfira durante o período de trabalho. Uma opção é colocar porta de correr ou painel móvel entre os espaços para que possam ser fechados, tornando cada ambiente único. Além dessa, existem inúmeras ideias para deixá-los mais funcionais, bonitos e harmônicos.

Quarto e Banheiro: Pode parecer excêntrico, mas integrar quarto e banheiro também é uma opção adotada por aqueles que não têm medo de inovar. Se você também tem essa ousadia, opte por isolar a área molhada com pedras ao invés de pisos cerâmicos. Meia-parede ou parede de vidro dividem os ambientes com muito charme, mantendo a privacidade.

E aí, ficou animado para fazer algumas mudanças e integrar ambientes de seu apartamento?

 

Revista Condomínios & Residências 

junho/2017