Brasileiro paga dívida com grana do FGTS

CAIXAA grana liberada das con­tas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) está salvando a conta de muitos endividados no Brasil. De acordo com pesquisa realizada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confe­deração Nacional de Dirigen­tes Lojistas), cerca de 36% dos trabalhadores que já realizaram saques utilizaram a verba para pagar dívidas atrasadas. Outros 7% usaram o dinheiro para quitar parte de compromissos pendentes e 10% aproveitaram o di­nheiro extra para antecipar o pagamento de contas não atrasadas, como crediário e prestações da casa ou do
carro. “Há muitas famílias endividadas. O dinheiro vem em boa hora para ajudar a quitar dívidas”, diz o educa­dor financeiro José Vignoli.

De acordo com a CNDL, 42% dos beneficiários desti­naram a maior parte do di­nheiro para o pagamento de despesas do dia a dia. Ape­nas 6% usaram o saldo ina­tivo do Fundo de Garantia para realizar compras e 16% investiram ou pouparam a grana. “Esse dinheiro não está sendo mais destinado ao consumo como era anti­gamente. Atualmente se tor­nou espécie de poupança”, revela Vignoli.

Segundo a pesquisa, a gra­na extra de quem ainda não sacou também será usada para pagar dívidas. Do total de pesquisados, 26% vão utili­zar o dinheiro para quitar contas em débito, 21% deverão regularizar ao menos uma parte de suas pendên­cias em atraso e 25% pre­tendem pagar despesas do dia a dia. Apenas 4% irão utilizá-lo para compras, en­quanto 3% pretendem gas­tar em viagens e 2% adquirir um imóvel. “Se houver pla­nejamento, ele pode até ser­vir para abater dívidas. Caso contrário, a pessoa conti­nuará a pagar juros altíssi­mos”, afirma o especialista em educação financeira.

A assistente comercial Ka­ren Lippolis, 26 anos, ainda não sacou. A jovem afirma ter quase R$ 2.000 para re­ceber. ‘Pagarei parte do meu curso de RH, colocarei apare­lho nos dentes e quitarei duas dívidas‘, diz.

Agências da Caixa abrem hoje até às 15h

Algumas agências da Caixa Econômica Federal terão atendimento especial hoje, entre 9h e 15h, exclusivamente para o atendimento às contas inati­vas do FGTS.

Além dos sa­ques, os clientes podem ir às agências para tirar dúvidas, emitir senha do Cartão Cida­dão e regularizar os cadas­tros.

Ontem, foi liberado do saque da grana inativa para os nascidos em junho, julho ou agosto. A principal recomendação da Caixa é para que o trabalhador leve documentos pessoais e a carteira de trabalho para ter os valores.

Na segunda e terça-feira, as agências também abrirão duas horas mais cedo em todo o país. Ontem, apenas 15 minutos de liberação do dinheiro, mais de R$ 400 milhões foram repassados aos trabalhadores que têm direito aos valores, segundo balanço da Caixa Econômica Federal.