Situação do Viaduto Acisa assusta pedestres e motoristas em S. André

VIADUTORachaduras e infiltrações no viaduto Viaduto Acisa, em Santo André, que dá acesso a Avenida Dom Pedro II e também ao Centro da cidade, tem preocupado motoristas e pedestres que passam pelo local. Após a ponte da avenida dos Estados ceder na sexta-feira passada (07/04), passar pelos demais elevados do município tornou-se uma aflição para muitos.

A jornaleira Jacira Souza, 57 anos, conhece mais do que ninguém cada centímetro do viaduto. Há 25 anos ela possui uma banca de jornal bem embaixo do elevado, desde quando lá funcionava a antiga rodoviária da cidade. “Morro de medo que ele venha desabar sobre mim”, declarou. Ela não se lembra a última vez que viu alguém realizar reparos no local. “Estou desse outro lado viaduto há 3 anos e não me recordo de ter visto um funcionário da prefeitura realizando reparos durante esse tempo”, contou.

A dona de casa Marta de Assis, 43 anos, costuma passar de carro diariamente embaixo do viaduto para chegar ao Centro. “A situação piora quando chove. Surgem goteiras que ficam horas e horas pingando. Alguém deveria tomar uma providência”, disse.

OUTRO LADO
Por meio de nota, a prefeitura de Santo André garante que realizou vistoria e verificou que a estrutura do viaduto não apresenta risco. A Administração garante que a trinca existente foi formada junto à mureta lateral da canaleta utilizada para travessia de dutos de instalações elétricas e apoio dos gradis, não compondo a parte estrutural do viaduto.

As manchas e gotejamentos são provenientes de águas pluviais depositadas nas canaletas que escorrem junto à junta de dilatação e estrutura do viaduto. A limpeza das canaletas, desobstrução e reparo está na programação da Secretaria de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos para os próximos dias, afirmou em nota o Paço.