Jovem é preso por falsificar ingressos de cinema em São Bernardo

CEL 2Após investigação, policiais civis do 6º DP (Distrito Policial) de São Bernardo prenderam na tarde desta quarta-feira (05/04) um jovem de 18 anos acusado de falsificação de ingressos de cinema do Cinépolis. Os bilhetes eram comercializados, em média, por R$ 10, inclusive as sessões de 4DX, que são vendidas por R$ 46 pelo próprio cinema. O rapaz foi levado para delegacia para prestar depoimento. Como não houve flagrante, o jovem, mesmo confessando o crime, foi liberado.

De acordo a delegada titular do 6º DP, no Baeta Neves, Kátia Regina Cristófaro, o crime só foi descoberto depois que um cliente comprou ingresso quarta-feira passada (29/03), no guichê eletrônico do Shopping São Bernardo Plaza, para assistir o filme “A Bela e a Fera”, na sessão das 19h20. No local, havia uma adolescente sentada na mesma numeração de cadeira. Questionada pela administração do cinema, a jovem de 17 anos afirmou que tinha comprado o bilhete do rapaz por uma quantia não revelada. A venda dos ingressos falsos era realizada pelo boca a boca, por meio de aplicativos no celular e pelas redes sociais.

Caso inédito

Com posse das informações, as autoridades iniciaram investigações e detiveram o jovem nessa quarta-feira, em uma escola estadual no Jardim Leblon, em São Bernardo, onde o rapaz estuda. Durante buscas na casa do jovem, no Jardim Limpão, periferia da cidade, a polícia apreendeu CPU de computador, notbook, celular e alguns ingressos falsos impressos. Todo o material  será periciado para descobrir se há mais pessoas envolvidas na prática do crime na região.”Já vi inúmeras falsificações, mas nunca peguei um caso como esse”, afirmou a delegada.

De acordo com Kátia, crimes dessa natureza geram pena de reclusão de dois a seis anos de detenção.