Programação especial para o fim de ano agita dia em Santo André

NATAL 2A Prefeitura de Santo André realizou ontem diversos eventos para toda a família na cidade. A manhã começou com a Marcha da Bíblia e show gospel no Paço Municipal, atos seguidos pela chegada do Papai Noel no Parque Guaraciaba (leia mais abaixo). Já o período da noite foi marcado pelo Natal da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) e pela Festa da Consagração ou das Luzes, de tradição judaica.

De acordo com a Polícia Militar, o Natal da Acisa, realizado pelo segundo ano consecutivo no Paço Municipal, reuniu cerca de 7.000 pessoas que acompanharam apresentações da Orquestra Sinfônica da cidade, das crianças do Projeto Jeda (Juventude Esperança do Amanhã) e do Coro da UFABC (Universidade Federal do ABC) que interpretaram canções de famosos músicos internacionais como ‘Noite Feliz’, do compositor austríaco Franz Xaver Gruber, e ‘Jesus Alegria dos Homens’, do alemão Johann Sebastian Bach. Além do tradicional Papai Noel, uma árvore natalina e um presépio confeccionados em material reciclável deram o toque final à decoração do evento.

“O significado do Natal vai muito além de simples troca de presentes e uma mesa farta de alimentos. Esse momento serve para refletirmos sobre a vida e para celebrarmos o nascimento do Menino Jesus”, comenta, emocionado, o presidente da Acisa, Evenson Robles Dotto.

Ainda segundo Dotto, a intenção do evento é cativar a população do Grande ABC para que fique na região durante esse período festivo. “Santo André tem muita coisa boa para oferecer nesta época do ano. Não é necessário ir ao Parque do Ibirapuera para vivenciar um momento como este”. finaliza.

Ao que parece, essa ideia da organização tem obtido resultado satisfatório. O casal Denise, 53 anos, e Edson Gaspar, 51, trouxe cadeiras de praia e comprou pipocas para curtir o evento de maneira mais confortável. “Há muitos anos acompanho essa festa e cada ano que passa ela fica mais linda”, conta Denise. “É uma excelente iniciativa. Atualmente as pessoas têm sido materialistas e não espiritualistas, isso ajuda a resgatar o verdadeiro sentido natalino”, revela Gaspar, que é coronel da reserva da Polícia Militar.

O público adulto não foi o único a se encantar com as apresentações da noite. Bastava notar o brilho no olhar de cada criança para perceber a presença da magia do Natal. “Nunca vi algo tão bonito em toda minha vida”, conta a estudante Giovanna Silva, 8.

A pequena Maira Cassin, 6, também era só alegria. “Vi o Papai Noel, mas esqueci de contar para ele o presente que quero ganhar”, lamenta ela que deseja receber uma boneca. Raquel Cassin Berti, 39, é mãe da garota e foi responsável por trazê-la à festa. “Excelente oportunidade para ela aprender um pouco mais sobre o Natal”,

O prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), também compareceu. “Em um ano marcado por crise política no Brasil e atentados terroristas pelo mundo, nada melhor do que o Natal para nos trazer esperança de dias melhores”.

JUDEUS

CHANUCA OKA rua Delfim Moreira, no Centro de Santo André, foi palco da celebração do último dia do Chanucá, popularmente conhecido como Festa das Luzes, ritual que celebra a luta dos judeus macabeus contra os greco-sírios pelo direito de seguir a própria religião, ocorrida há quase 3.000 anos. Desde o dia 6, cada família judia acendeu uma vela de um candelabro até que o Chanucá fosse completo no domingo, totalizando oito dias conforme manda a tradição.

Em Santo André, foi acesso um poste em formato de candelabro. “A luz representa o domínio sobre as trevas, a sabedoria sobre a ignorância e a pureza sobre a impureza”, conta o rabino responsável pelas sinagogas de São Paulo Shamai Ende, 52 anos. “Vivemos em uma época em que há muita maldade no coração das pessoas. Para alcançar a paz, basta acender uma vela”, acredita o rabino Yousef Tawil, 53.